icon facebook icon twitter icon instagram

18 de Março de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

Quinta-feira, 14 de Março de 2019, 14h:00 - A | A

Funcionários de hospital público de MT pedem doações para manter o atendimento

image

Sem receber repasses do governo de Mato Grosso há cinco meses, o Hospital Regional de Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá, enfrenta dificuldades e os funcionários estão pedindo doações para que a unidade não pare de atender. Os salários dos funcionários estão atrasados e na unidade faltam remédios e até comida.

A dívida do hospital chega a R$ 3,5 milhões. A Secretaria de Saúde de Mato Grosso informou que aguarda os documentos da prestação de contas da gestão do hospital para fazer os pagamentos.

Com a ajuda da população a dispensa do hospital está cheia, mas os funcionários não sabem até quando.

Devido à falta de repasse do governo estadual, médicos e funcionários estão sem receber há muito tempo, mas, segundo a técnica de enfermagem Jaqueline Julião, eles não pararam de trabalhar.

No entanto, as cirurgias eletivas, aquelas que não são urgentes, tiveram que ser suspensas.

Para manter a farmácia com os medicamentos necessários, o hospital precisaria de pelo menos R$ 50 mil reais por mês. Algumas gazelas de antibióticos já estão vazias e do outro lado na prateleira o soro deve durar só até o final dessa semana.

O hospital atende pacientes de 11 municípios. São realizados por mês aproximadamente 90 partos. Este é o único atendimento que ainda não foi prejudicado, mas a direção teme que isso não dure muito.

Há um ano,  os funcionários e moradores do município fizeram um protesto contra a falta de repasses para a unidade hospitalar, na MT-246. À época, os funcionários estavam sem receber salários havia três meses.

Imprimir
Comentários












Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.





RÁDIO

Citadas por Temer, fake news não são tema principal da

Citadas por Temer, fake news não são tema principal da

Citadas por Temer, fake news não são tema principal da



image