16 de Junho de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

Sexta-feira, 14 de Junho de 2019, 15h:48 - A | A

DIVERSIDADE DA PRODUÇÃO

Prefeito destaca diversidade da produção agrícola de Campo Novo do Parecis (MT) e reclama de más condições de rodovia

G1

Foto: TVCA/Reprodução

image

O prefeito de Campo Novo do Parecis, a 397 km de Cuiabá, Rafael Machado, destacou a diversidade que o município possui na produção agrícola, durante o Papo das Seis, no Bom Dia MT desta sexta-feira (14). No entanto, ele reclamou das más condições das MTs 235 e 358, que são importantes para o escoamento de grãos.

Rafael citou que a maior produção do município é de soja, com 400 mil hectares plantados. Em seguida, está o milho, com 200 mil hectares. Ele ressaltou ainda que a região é a maior produtora nacional de milho de pipoca.

Além desses grãos, Campo Novo do Parecis possui 60 mil hectares de plantação de girassol e 40 mil hectares de cana-de-açúcar.

“A grande referência do município é o agronegócio, pois temos diversidade nas plantações. A pecuária também tem ganhado força, já existem cerca 200 mil cabeças de gado no município”, afirmou. 

Uso de agrotóxicos

Apesar dos números positivos na produção agrícola, o Fórum Mato-grossense de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos divulgou um resultado sobre a água consumida por trabalhadores e apontou a presença de resíduos na urina e no sangue deles.

Para o prefeito, existem muitos comentários contrários a esses dados e, na avaliação dele, há divergência na pesquisa, pelo fato dela abranger várias regiões.

“Essas pesquisas voltadas para os agrotóxicos atinge todas as cidades que praticam a agricultura. Estamos avaliando a veracidade dos dados. Com relação a água fornecida pelo município, posso afirmar que nosso município cumpre bem esse dever”, pontuou. 

Condições das rodovias 

As condições precárias das MTs 235 e 358, importantes para o escoamento de grãos na região, têm sido um dos principais problemas na região, segundo o prefeito.

Rafael afirmou que a prefeitura tentou implantar o projeto 'Tapa Buraco' na MT-235, mas foi alertada que a responsabilidade é do estado. 

“Moro no estado há 15 anos e nunca vi essas estradas boas. No entanto, não posso utilizar recurso municipal em uma estrada estadual. Estamos limitados quanto a isso”, disse.

Segundo Rafael, a prefeitura está propondo um projeto ao governo para assumir a manutenção dessas rodovias.

“Estamos propondo uma alternativa para conveniar municípios e fazer com que o estado nos repasse recursos financeiros ou os materiais para que possamos cuidar dessas estradas. Se necessário, cobraremos pedágio, exclusivamente com o objetivo de mantê-la acessível”, explicou.

Imprimir




RÁDIO

Citadas por Temer, fake news não são tema principal da

Citadas por Temer, fake news não são tema principal da

Citadas por Temer, fake news não são tema principal da





ENQUETE

VEJA MAIS

Você é contra ou a favor ao novo decreto do porte de armas?

PARCIAL

(65) 3052-6030

redacaocopopular1@gmail.com admcopopular1@gmail.com financeiro@copopular.com.br

logo
image